Cerimônia de Abertura Olímpica

“A cerimônia brasileira quer mudar alguns paradigmas das cerimônias olímpicas. Trocamos o high-tech, a dependência de grandes efeitos eletrônicos e mecatrônicos pela inventividade “analógica” (que desde o teatro grego tem fascinado as platéias) somada a conceito, exuberância visual e emoção verdadeira. Abusando do espírito low tech/gambiarra, da riqueza da cultura popular brasileira e da garra e paixão de milhares de voluntários, produziremos uma grande festa, celebrando a inventividade que é o diferencial desse país de milhões de criativos.

A cerimônia do Brasil – diferentemente das anteriores, centradas no passado e enaltecendo conquistas nacionais – será voltada para o futuro, para a celebração do convívio das diferenças e para além de suas fronteiras: para o planeta como um todo. Promover a paz no mundo é a base do espírito olímpico. Hoje há uma urgência em se promover também a paz com o planeta. As mudanças de clima e o esgotamento dos recursos naturais precisam da nossa atenção e a abertura Olímpica é uma linda ocasião para se colocar luz sobre este assunto. O Brasil, com a maior floresta e a maior reserva de biodiversidade do planeta é o lugar certo para que esta mensagem seja passada. Já não basta parar de agredir o planeta, é hora de começarmos a recuperá-lo. Esta será nossa mensagem olímpica: Terráqueos, vamos replantar, vamos recuperar o planeta!”
                                          Daniela Thomas, Fernando Meirelles e Andrucha Waddington

cer_1
cer2
cer3
cer4
cer5
cer6
cer7
cer8
cer10
cer11
cer12
cer13
cer14
cer15
cer16
cer17
cer18
cer19
cer20
cer21
cer22
cer23

Cerimônia de Encerramento Olímpica

“Aos artistas populares, anônimos, que nos brindam com seus trabalhos e que fazem parte da cultura essencialmente brasileira.

A eles dedicamos esta festa. Aos artistas que, desde as épocas primordiais,
desenhavam nas cavernas as cenas de seu dia a dia.
Aos que tecem e fiam, bordam, costuram e modelam o barro amassado,
criando belas formas.

Aos inventores dos ritmos musicais e das canções que ficam em nossa memória afetiva. Um Brasil repleto de artistas.”

Rosa Magalhães e Abel Gomes

1
2
3
4
5
6
7
8
9

Gestão CC2016 

Andrea Varnier | CEO
Nara Gea | Gerente Geral

Executivos | Cerimônia de Abertura Olímpica

Abel Gomes

Executivo de Criação
Cenógrafo atuando a mais de 35 anos na criação de grandes espetáculos. Fundador e diretor da P&G Cenografia e sócio CCO da SRCOM. Assinou a concepção e cenografia de diversos shows na TV Globo. Participou dos projetos cenográficos e direção artística da Jornada Mundial da Juventude em 2013; das Cerimônias dos Jogos Mundiais Militares Rio 2011; 50 Anos da TV Globo; da Casa Brasil nos Jogos Olímpicos de Sidney 2000, Atenas 2004, Beijing 2008 e Londres 2012; concepção do Réveillon de Copacabana (desde 2008); Revezamento da Tocha Olímpica no Rio de Janeiro (2004), entre outros.

Marco Balich

Executivo de Produção
Marco Balich começou sua carreira no mundo da música e da televisão focando na produção de conteúdo audiovisual para grandes públicos. Depois de 17 cerimônias em 5 continentes, o seu know-how na produção de grandes eventos é reconhecido em todo o mundo. Sua experiência como produtor executivo de Olimpíadas inclui os seguintes eventos: Turim 2006; Sochi 2014 e ,agora, Rio 2016; além de duas Flag Handovers (Salt Lake City 2002 e Londres 2012). Como director criativo do Pavilhão Italiano na Expo de Milão em 2015, Marco desenvolveu Árvore da Vida, símbolo da feira que foi compartilhado mais 14 milhões de vezes nas redes sociais.

Diretores Criativos

Fernando Meirelles

Abertura Olímpica
Arquiteto por formação, o sócio da O2 Filmes é um diretor de cinema conhecido e reconhecido internacionalmente. Entre os principais projetos da sua premiada carreira se destacam: “Cidade de Deus” (2002), filme indicado para 4 Oscars, incluindo o de melhor diretor; “O Jardineiro Fiel” (2005), filme indicado ao Globo de Ouro ao BAFTA ambos de melhor diretor; e “Ensaio sobre a Cegueira” (2008), baseado no romance homônimo de José Saramago.

Daniela Thomas

Abertura Olímpica
Cineasta, diretora teatral, dramaturga, cenógrafa e figurinista. Se destacam projetos cenográficos do Teatro Nacional; direção dos filmes “Terra estrangeira” e “Linha de Passe” em parceira com Walter Salles. É a autora do projeto museográfico do Museu da Imagem e do Som do Rio e do Museu do Futebol em SP. Em 2012, junto com Cao Hamburguer, assinou a Cerimônia de Passagem da Bandeira em Londres.

Andrucha Waddington

Abertura Olímpica

Sócio da Conspiração Filmes e premiado em festivais internacionais, incluindo Cannes, é um dos mais disputados diretores. Dirigi campanhas para marcas como AMBEV, Cola-Cola, P&G e VW.
Com uma imponente filmografia, se destaca no cenário do cinema nacional. Entre outros projetos estão: “Eu, Tu, Eles”; “Casa de areia”; “Os Penetras” e “Lope” – coprodução Brasil-Espanha vencedora de 2 prêmios Goya.

Rosa Magalhães

Encerramento Olímpico
Detentora do Prêmio EMMY pelos figurinos da Cerimônia de Abertura dos Jogos Pan-Americanos de 2007, Rosa criou cenários e figurinos para o balé ‘A Sagração da Primavera’, ‘A Raposa Astuta’, ‘Ça Ira’, ‘Lulu’, ‘I Puritani’, ‘Ricardo III’, entre outros. Atua no carnaval desde 1971. É a artista com o maior número de títulos da história do Sambódromo, com sete carnavais e sete Estandartes de Ouro.

Heads Of Departments

James Lee
Technical Producer

Fabrizio Audagnotto
Administrative Producer

Steve Boyd
Mass Movement & Protocol Director

Deborah Colker
Head of Choreography

Silvia Aymonino
Constume & Wardrobe Supervisor

Durham Marenghi
Ligthing Designer

Claudia Kopke
Costume Designer

Razael Junior
Executive Team Deputy

Julian Hill
Executive Producer Deputy

Dudu Saramago
Executive Creative Deputy

Christophe Berthonneau
Pyrotechnic Designer

Annalisa Barbieri
Artistic Producer

Sara Berutto
Head of Cast & Volunteers

Donna McMahon
Technical Operations Director

Celina Padilla
Head of Planning & Budgeting

Antony Howe
OOC Cauldron Designer

Fabião Soares
OOC Projection Content Director

 Beto Vilares
OOC Music Director

 Antônio Pinto
OOC Music Director

 Alê Siqueira
OCC Music Director

Alícia Ferreira
OCC Artistic Producer

Batman Zavareze
OCC Projections Artistic Director

Nuambé Caximingo
OCC Projections Artistic Director